<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37878389\x26blogName\x3dElevador+da+Bica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/\x26vt\x3d8544793576954813379', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
elevador da bica

Livros que gostei de ler em 2010 (III)


A Fundação Francisco Manuel dos Santos é recente mas já fez muito mais pela organização e a acessibilidade de muita informação estatística sobre Portugal do que décadas de administração pública desleixada e indiferente. O "site" Pordata honra a expressão "serviço público", neste caso praticado, e bem, por privados. E a isto, que já não é pouco, acresenta a edição de livros que analisam diversos aspectos da realidade nacional.

São obras com uma natureza muito prática, de leitura rápida, longe da ambição dos calhamaços académicos, e que visam fazer chegar a informação e a respectiva interpretação a um alvo alargado de pessoas interessadas em saber mais sobre por que estamos como estamos e como podemos sair de onde estamos. Entre os que li, selecciono "Portugal: Os Números", de Maria João Valente Rosa e Paulo Chitas, e "Economia Portuguesa, As Últimas Décadas", de Luciano Amaral. São as duas faces de uma mesma moeda.

No primeiro, observa-se o trilho de sucesso de Portugal nas políticas sociais durante as décadas mais recentes, de que um dos indicadores mais impressionantes entre os vários que são citados é o recuo dramático da mortalidade infantil. No segundo, aborda-se a pesada factura que, em simultâneo, cresceu até colocar Portugal quase ao colo do FMI, em parte como contrapartida de um aumento das prestações sociais até a um nível que está acima das possibilidades actuais da economia portuguesa. Dois livros esclarecedores, sobretudo se a leitura de um for seguida da leitura do outro.

Etiquetas: , , , , , , , ,

“Livros que gostei de ler em 2010 (III)”

  1. Blogger FSC disse:

    Da mesma série, deixa-me acrescentar o único que li e recomendo: "Autoridade", do Miguel Morgado