<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37878389\x26blogName\x3dElevador+da+Bica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/\x26vt\x3d8544793576954813379', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
elevador da bica

O pântano, agora a propósito de advogados

Não se consegue perceber bem por que motivo o bastonário da Ordem dos Advogados fez esta denúncia. Se é verdade o que diz, os escritórios em causa não vão deixar de fazer o que fazem, já que dificilmente se sentirão constrangidos por causa de uma acusação genérica. Depois, terão razão os advogados sérios por sentirem que as declarações de Marinho e Pinto atingem de igual modo culpados e inocentes.

Em suma, nada muda para melhor devido às declarações do bastonário porque os escritórios a que se refere continuarão a operar na cumplicidade com o crime económico e de forma impune. De certa forma, é o que sucede com aquela imagem que julga os políticos todos da mesma forma. Como os verdadeiros corruptos não são denunciados e levados a responder perante a Justiça, a ideia acaba por ser a de que "eles são todos iguais".

Entre o corporativismo e o populismo, o pântano vai-se alargando.

Etiquetas: , , , ,

“O pântano, agora a propósito de advogados”