<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37878389\x26blogName\x3dElevador+da+Bica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/\x26vt\x3d8544793576954813379', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
elevador da bica

Duas conspirações e uma notícia

A manchete do Público de hoje é eloquente sobre a guerra e a desconfiança instaladas entre Belém e São Bento. A notícia é mais reveladora de teses conspirativas que outra coisa qualquer: primeiro, o PS vê uma conspiração de alianças entre Belém e a São Caetano; depois há um assessor qualquer em Belém que alvitra se o PS tem o palácio presidencial sob escuta, por haver dirigentes socialistas a dizer que sabem coisas que não deviam saber.


Tudo isto soa a demência, e mostra bem como Cavaco terá uma missão difícil em Outubro.
a) porque de um lado tem uma amiga com quem tem afinidades naturais evidentes;
b) porque do outro lado tem um ser político de quem desconfia profundamente;


No entanto, a tese conspirativa do PS, de que há gente de Belém a participar no programa do PSD não precisa de escutas para se sustentar. Basta uma dedução, olhando para a composição da Casa Civil e depois pensar se vale a pena expressá-la, comprando uma guerra política com o PR. Que há vasos comunicantes e vivos entre Belém e o PSD é uma evidência.

Na sua Casa Civil, o PR tem estes assessores: Nunes Liberato, ex-secretário-geral do PSD; David Justino, ex-ministro da Educação e Sevinate Pinto, ex- ministro da Agricultura, ambos, colegas de Ferreira Leite no governo Barroso; Suzana Toscano, ex-chefe de gabinete, amiga pessoal de MFL e sua ex-secretária de Estado; Vítor Martins, ex-secretário de Estado dos Assuntos Europeus e ex-presidente da CGD corrido pelo PS.


O curioso para adensar a conspirata é o seguinte: para o assessor de Belém dizer que o PS tem a Presidência sob vigilância ou escuta, deve ser porque as informações dos socialistas estão correctas; mas o PSD, por intermédio de Aguiar Branco, desmente categoricamente que tenha havido gente de Belém a participar no programa do partido - o que o anónimo assessor do PR não faz..

Etiquetas:

“Duas conspirações e uma notícia”