<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37878389\x26blogName\x3dElevador+da+Bica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/\x26vt\x3d8544793576954813379', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
elevador da bica

Os dois primeiros posts, a 11 de Janeiro de 2007

Se a economia fosse um elevador

:: Guarda-freio: João Cândido da Silva

Dizem os economistas que um ciclo económico tem a duração de sete anos, espantando-se quando períodos de crescimento ultrapassam esta marca. Agora, têm os estudiosos da matéria razões para ficarem deslumbrados com um outro fenómeno, um pouco menos feliz. Se as previsões mais recentes do banco central, para 2007 e 2008, se cumprirem, Portugal completará sete anos de divergência em relação à Europa. Isto é, durante aquilo que é um ciclo económico inteirinho e apesar dos sacrifícios exigidos em troca de benefícios futuros, teremos apenas conseguido ficar mais pobres em relação aos nossos principais parceiros. Se a economia portuguesa fosse como o elevador da Bica, pelo menos por cada ano a descer, passava outro a subir.

Todos a bordo, este elevador vai partir!

11 Janeiro 2007 :: Guarda-freio: Vìtor Matos

Os elevadores de Lisboa têm esta particularidade que hoje os torna únicos entre os transportes públicos: ainda têm bancos de pau, como eram antes os dos velhos eléctricos, para gente mais dada a coisas práticas que a confortos desnecessários. Não sabemos se o Elevador da Bica será um blogue desconfortável. Não será com certeza dos mais almofadados. E esperamos, pelo menos, que seja tão divertido para quem sobe como para quem desce.

Um grande Obrigado! ao Afonso, o nosso art director.

Etiquetas:

“Os dois primeiros posts, a 11 de Janeiro de 2007”