<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37878389\x26blogName\x3dElevador+da+Bica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/\x26vt\x3d8544793576954813379', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
elevador da bica

A malta do material anti-NATO

Há dias ouvi na rádio um responsável do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) dar conta da operação de segurança na fronteira por causa da cimeira da NATO. Pelo que percebi houve algumas centenas de pessoas que vinham a Portugal para se manifestarem contra a NATO e tiveram de voltar para trás. Em alguns casos deu para perceber que estariam justamente "referenciados" - imagino que por violência em protestos anteriores ou por associação com vegetarianos-macrobióticos-anarquistas. Mas noutros casos não ouvi nada que apontasse nesse sentido. O responsável do SEF disse que a polícia tinha encontrado "material anti-NATO" na posse desses potenciais manifestantes - cartazes com "slogans anti-NATO", chegou a dizer - ofensa aparentemente suficiente para serem impedidos de entrar no país. Não sei que merda de critério é este. Mas sei que acabou por correr tudo muito bem, com palmadinhas nas costas e muita autosatisfação lusa com o "sucesso" da organização - e isso é o mais importante, não é?

“A malta do material anti-NATO”