<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37878389\x26blogName\x3dElevador+da+Bica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/\x26vt\x3d8544793576954813379', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
elevador da bica

Redesenhar

Eles querem a regionalização quando o País precisa de uma séria remunicipalização.

Este fim-de-semana fui a Marvão. A terrinha é uma beleza, mas o concelho não devia existir. A sede do município tem pouco mais de 600 habitantes e o total de munícipes não chega aos 4 mil. Não há um mini-mercado ou uma mercearia na vila. Para comprar iogurtes é preciso fazer 5 km e para pôr gasolina é necessário percorrer 10 km a 14 km. Por todo o País há concelhos como este que deviam ser extintos e freguesias que deviam  passar a municípios. Já a regionalização merecia passar ao arquivo morto. Mas não vejo que alguém tenha coragem política para comprar guerras destas num futuro próximo.

“Redesenhar”

  1. Blogger Antonio Almeida Felizes disse:

    A fusão, extinção ou transformação dos municípios e freguesias tem muito pouco a ver com o processo da regionalização. A regionalização está, sim, conotada com a administração central desconcentrada (direcções regionais) e os institutos públicos (administração indirecta). Ou seja, o que se pretende com a regionalização é desmantelar o actual poder central (desconcentrado e indirecto) e os seus mais de 3000 lugares de nomeação, democratizando o regime e aproximando as decisões políticas dos cidadãos a quem se destinam.
    .
    Regionalização
    .

    Cumprimentos