<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37878389\x26blogName\x3dElevador+da+Bica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/\x26vt\x3d8544793576954813379', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
elevador da bica

Monárquicos a dar com o pau

É mania. Agora uns tais de Conjurados XXI decidiram hastear bandeiras monárquicas na Cidadela de Cascais. Viram como teve sucesso a iniciativa do 31 da Armada e lá foram copiar. Mas como os sucedâneos raramente são melhores do que os originais, os conjurados tiveram muito menos piada. Devem ser miguelistas uns e liberais os outros, esta gente nunca se entendeu muito bem, porque como não aceitam a escolha do Chefe do Estado através do voto, preferem as armas, meio mais nobre e viril de impôr linhagens.

Esta moda monárquica é-me estranha e distante. Prefiro as novelas de baixa política entre Belém e São Bento do que as inevitáveis baixezas das famílias reais - como os casamentos de princípes e princesas, cujos cônjugues acedem ao "poder" por via matrimonial, que transportam consigo amores, desamores, romances e traições. Eu cá ainda prefiro o votozito. Sou contra as responsabilidades genéticas e a transmissão do poder por via da procriação. Portugal é uma nação, não precisa de uma família real para unir a República.

Etiquetas:

“Monárquicos a dar com o pau”