<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37878389\x26blogName\x3dElevador+da+Bica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/\x26vt\x3d8544793576954813379', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
elevador da bica

Proibir sondagens é contra a democracia liberal


O CDS quer proibir as sondagens durante as campanhas eleitorais. Esta posição é um erro político maior. É contra a liberdade de expressão. É contra a liberdade de informação. É contra a liberdade do mercado escolher a empresa que lhe dá mais garantias. É contra o liberalismo, no sentido das democracias liberais, e não fica bem ao CDS fazer uma proposta destas. Aprende-se na faculdade que as leis são gerais e abstractas, mas isso é em abstracto, claro, porque em concreto o CDS quer uma lei para si.


Porque não propor um organismo regulador onde as empresas de sondagens tenham de garantir um patamar mínimo de qualidade? Isto era uma solução viável em democracia. Imagino o que diria o CDS, e com razão, se o sr. Chávez proibisse as sondagesn no seu país. Isto é próprio de ditaduras ou, mais moderno, de autocracias travestidas.


Paulo Portas acha que tem sido prejudicado pelas sondagens. Eis uma visão alternativa:


a) É o baixo valor das sondagens que lhe permite cantar vitória na noite das eleições;

b) Tenho dúvidas que más sondagens afastem eleitorado. Faz com que os eleitores com intenções de votar no partido subavaliado não desmobilizem e tenham a percepção de que o seu voto não pode ser desperdiçado. Funciona ao contrário para o PS: sondagens demasiado favoráveis desmobilizam eleitorado essencial;

c) Na noite em que se demitiu, em 2005, Portas disse que num país civilizado os conservadores não podiam ficar apenas um ponto à frente dos trotskistas, mas agora ficaram 2,5% atrás. Mais uma razão para a noite eleitoral ser uma relação positiva entre as baixas expectativas e o resultado real;

Etiquetas:

“Proibir sondagens é contra a democracia liberal”

  1. Anonymous Anónimo disse:

    Pela primeira vez o CDS faz uma proposta de aprofundamento da democracia (que é permitir que as pessoas votem de acordo com a sua consciência em vez de andarem a fazer contabilidade de mercearia) e o elevador cai-lhes em cima.

    não vejo tanta preocupação quando mandam expulsar os imigrantes ou aumentar as penas de prisão, isso sim medidas contra a pessoa humana que desgatam a qualidade democrática.