<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37878389\x26blogName\x3dElevador+da+Bica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://elevadordabica.blogspot.com/\x26vt\x3d8544793576954813379', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
elevador da bica

O IGCP, outra direcção comercial de luxo

Entre Janeiro e Abril, Portugal já emitiu mais dívida pública do que em todo o ano passado. Percebe-se porquê: as receitas fiscais estão em queda livre, a pressão da despesa pública sobe.

Hoje, isto: mais três mil milhões portugueses para o mercado.

No Elevador dão-se três vivas ao Instituto de Gestão do Crédito Público – que vende a nossa bela dívida que nem pão quente –, e pergunta-se pela milionésima vez: será mesmo boa ideia enterrar ainda mais o Estado em grandes projectos de rentabilidade duvidosa?

“O IGCP, outra direcção comercial de luxo”